Como a morte de Bin Laden pode contribuir para a santificação de João Paulo 2

Li hoje, no jornal, que só falta um milagre para João Paulo 2 passar de beato a santo.

Confesso que percebo pouco desta mecânica católica, mas o massacre das reportagens televisivas e das páginas dos jornais permitiram-me adquirir uma série de conhecimento inúteis sobre o modo como um beato se pode tornar santo.

E é assim: João Paulo curou a enfermeira francesa Marie Simon-Pierre, que sofria de doença de Parker. (passou a sofrer de doença de Scheaffer, mas isso agora não vem para o caso…)

Por esse motivo, foi-lhe concedida a condição de beato.

Agora, para que o Papa polaco possa tornar-se santo, é preciso que lhe seja atribuído outro milagre.

Está-se mesmo a ver que a morte de Bin Laden vem a calhar.

Há dez anos que os States andavam a trás do barbudo e nada. Acabaram por descobri-lo a uma hora de carro de Islamabad.

É ou não é um milagre?

Basta que Ratzinger faça um telefonema a Barak Obama e lhe proponha um negócio irrecusável: Bento 16, que tem uma relação especial com God, garante que Obama é reeleito presidente se os States declararem que a morte de Bin Laden foi o segundo milagre de João Paulo 2.

Ficam todos contentes: Obama volta a ser presidente, João Paulo torna-se santo e Bin Laden, mártir, vai juntar-se às cinquenta virgens, mesmo junto ao Grande Profeta.

PS – Os americanos dizem que o corpo de Bin Laden foi atirado ao mar, seguindo as regras muçulmanas, isto é, os tubarões que estraçalharem o corpo do homem, estavam com a cabeça virada para Meca.

Tags: , , , ,

Leave a Reply