Abstencionistas uni-vos!

As eleições europeias de ontem, tiveram uma taxa de abstenção de mais de 68%.

Quer isto dizer que, num universo de dez milhões e meio de potenciais eleitores, apenas três milhões se deram ao trabalho de votar.

Grosso modo, sete milhões de portugueses não se importam que três milhões decidam por eles.

Depois, não se queixem…

Claro que se queixam!… Os portugueses adoram queixar-se… queixam-se das lixeiras nas ruas, mas continuam a cuspir para o chão e a deitar as beatas e as pastilhas elásticas para os passeios, queixam-se dos incêndios, mas não deixam de atirar beatas acesas para a caruma e a fazer grandes queimadas, mesmo nos dias de maior calor, queixam-se dos políticos corruptos, mas fogem aos impostos sempre que podem, criticam o compadrio, mas adoram a cunha, o favorzinho, o conheces-lá-alguém – e quando chega a altura de decidir escolher quem nos vai representar no Parlamento (seja no europeu, seja no nosso), estão-se a borrifar.

Não vale a pena, diz uma potencial eleitora, eles são todos corruptos, só querem é roubar. Está-se tão bem na praia, diz outro abstencionista, vou votar para quê, eles são todos iguais.

Assim pensam os carneiros… querem lá saber quem é o pastor, já que têm que passar o tempo a ruminar…

Mas três milhões ainda se deram ao trabalho de votar. Para além da vitória inquestionável do PS (33,4% dos votos), do Bloco (9,8%) e do PAN (5%), destaque para a derrota dos Partidos da Direita – o PSD com 21,9 e o CDS, com 6,1, e a CDU, com 6,8%.

O Rangel, do PSD, deve estar a ranger os dentes, e o Nuno Melo, do CDS, já deve estar, a esta hora, a roer a corda à Sãozinha, que queria tanto ser primeira-ministra e que, muito provavelmente, nem na casa dela vai mandar…

O CDS, que já foi o Partido do táxi, transformou-se no Partido da mota – e mesmo, assim, a mota tem só um lugar, ocupado pelo Melo, nem o Mota (Soares) tem lugar na mota…

Uma última palavra para os que se abstiveram: unam-se, façam qualquer coisa, inventem um Partido Novo! Pelo que oiço nas esplanadas, nos corredores do supermercado e nas reportagens da televisão, vocês devem saber como salvar esta merda deste país – e com sete milhões de votantes, venceriam as eleições, de caras!

De que é que estão à espera?…

Tags: ,

2 Responses to “Abstencionistas uni-vos!”

  1. O abstencionista says:

    CDU de direita?

  2. Artur says:

    Atenção à virgula, camarada. Escrevi: a derrota dos Partidos da Direita – o PSD com 21,9 e o CDS, com 6,1, e a CDU, com 6,8%. Veja lá a virgulazinha, entre CDS e CDU. Faz toda a diferença…

Leave a Reply