30 dias sem fumar

Já passaram 30 dias!

A coisa vai, já só com meio comprimido de Champix ao pequeno-almoço.

Claro que não há dia nenhum que não me apeteça fumar um cigarrinho. E, ao longo de cada dia, há várias ocasiões em que um cigarro vinha mesmo a calhar. Mas bebe-se um golo de água, masca-se uma pastilha elástica, chupa-se um palito, e a crise passa.

Dois apontamentos: não é tão difícil como eu imaginava, mas só agora percebo que estava mesmo dependente da nicotina (dou por mim a pensar «tenho-me portado tão bem, que mereço um cigarro!»).

Pensamento racional: acabaram-se os cigarros porque fazem mesmo mal à saúde e está-me a apetecer viver mais uns anos.

Emocionalmente: que se lixe a saúde! Dêem-me o meu cigarrinho de volta!

Vasco Pulido Valente escrevia, há uns tempos, que «viver sem cigarros era como escrever sem pontuação».

É uma boa imagem mas o que é verdade é que se pode escrever sem pontuação o texto talvez fique um pouco mais confuso mas não é por isso que não se consegue comunicar

Por outro lado, se o uso de vírgulas e de pontos finais (cigarros) implicar um cancro no pulmão ou na bexiga, então prefiro escrever como o Saramago.

Mais vantagens: ao fim de 30 dias está melhor o fôlego, está melhor o hálito, está melhor o cheiro e está melhor a performance em geral (e também essa, em particular…)

Outra grande vantagem: já posso dar grandes beijos no meu neto sem estar com receio que ele se enjoe com o cheiro a Marlboro.

E o meu neto até já tem um dente!

Só uma nota final: continuo com saudades e cheira-me que vou continuar com saudades. Tenho que fazer de conta que o tempo em que fumei é como um país longínquo que visitei uma vez, de que gostei muito, mas ao qual não posso voltar nunca mais, porque desapareceu, qual Atlântida.

E quem poderá, alguma vez, esquecer a Atlântida?…

PS (escrito em 6 de Janeiro de 2008) – 4 meses e meio sem fumar! Avancem para o post “2008 – um ano sem fumo“.

63 thoughts on “30 dias sem fumar

  1. …só para dar uma forcita:
    …aos 43 anos tive um AVC provocado por arteriesclore tabágica…ceguei da vista esquerda durante 33 horas
    …nesse dia, 18-4-1988, pelas 15 h. fumei o meu último cigarro
    …vou nos 61 anos e nunca senti falta dele
    …força
    …tudo se consegue
    …um abraço

    1. Ola,
      Felicito toda a gente que esta a tentar ou ja deixou o vicio do tabaco. Decidi deixar o meu testemunho.
      No dia 10/10/2009 ( dia anos da minha afilhada) acoredei de manha e disse nao vou fumar mais… o maço tinha acabado durante um jantar com as amigas na noite anterior.
      Venho a conduzir a caminho do trabalho e irrito-me com alguem no transito , claro que deu me vontade de fumar… principalmente aquele gostinho que aparece na boca a tentar-nos pr um cigarrinho… chego ao trabalho e ansiadade de fumar a aumentar começo a pensar,
      – Secalhar nao devia deixar ja de fumar… humm comprava um maço e fumava so um cigarrinho depois das refeiçoes bla bla bla. Mas eu tou a arranjar desculpas? tenho que deixar de fumar e é ja!

      Fui a farmacia comprei os adesivos e ate hoje estou a cumprir o tratamento ja vou na 3 semana… entretanto ja tive com pessoas que fumam e o resultado foi dores de cabeça… vontade tenho claro quando acabo de comer mas penso logo na composiçao do tabaco, no cheiro, na saude, na carteira… e isso desaparece logo do meu pensamento.
      Ganhei mais folego, os dentes ficaram mais brancos, sinto me muito melhor e claro mais vontade de comer ( 2 kg a mais) de duas em duas horas a comer… Entrei em dieta e na farmacia aconselharam a tomar valdispert ( produto calmante natural) por causa da ansiedade por isso da me vontade de comer… E resultou ! Aqui estou eu de dieta e mais feliz e saudavel :)

      Afastei-me de pessoas que fumam mas espero que elas compreendam… nao é por elas é por mim…
      Força a todos! Vale a pena

      Ps: Fumei 13 anos!

  2. Orgulho, muito orgulho dos meus sogros!
    Sinceros parabéns, calculo que não deve ser nada fácil, mas o que seria das nossas vidas sem uns desfiozinhos?!

  3. Apresento os meus parabéns.
    Eu, fumador compulsivo, tive de parar com o Champix ao fim de dois meses, tal a intensidade dos efeitos secundários da mistela.
    É verdade que se sente pouco a vontade de fumar, mas… caramba, eu ia morrendo da cura.
    Força!

  4. Agonias…
    a vida já tem tantas…
    vou adiando a agonia de um cancro nos pulmões.
    Até lá, não me apetece viver em agonia, com falta do meu querido cigarro, de pé a cantar um fado de saudade.

  5. Gabriela: não vivo em agonia por não fumar – vivo em desafio, o que até tem graça!
    Azurara: os efeitos secundários, no meu caso, também se manifestaram, com a dose de 2 mg/dia; por isso, reduzi a dose para 0,5 mg/dia e aumentei a vontade
    Lobices: longa vida!
    Bintxo: thankx!

  6. Artur…referia-me às minhas agonias :-) (…continue no desafio…força!!!)

    Já agora, o meu pai nunca fumou… comia bem e bebia razoavelmente. Teve um AVC aos 46 anos e morreu! o pobre do meu avô que também, não fumava, morreu com um enfarte. A minha tia, coitada, que raramente comia doces era diabética…morreu nova! A minha mãe que toda a vida foi muito certinha em tudo (deve-se ter arrependido), está ché-ché (não sei se se escreve assim) com Alzheimer.

    Como a morte chega a todos, não vou deixar de comer e beber bem…além de fumar (os doces dispenso)!

    Quando a minha hora chegar “entrego-me às mãos do criador”.

  7. Gabriela: com todos esses antecedentes familiares, eu deixava de fumar já! O meu pai também morreu aos 56, de enfarte, sem nunca ter fumado. Essas mortes são santas. Agora, o cancro, minha amiga, o cancro é que é uma porra. Não existe relação nenhuma entre a diabetes e comer doces. A diabetes tipo 1 é uma doença auto-imune que surge em jovens, quer comam ou não doces; a diabetes tipo 2 surge em pessoas mais velhas, com largo perímetro abdominal e carga genética.
    As desculpas que você arranja para continuar a fumar também já as usei – são desculpas de toxicodependente. Deixar de fumar é um opção que tem a ver com a mudança de estilo de vida – e todos os estudos mostram que é uma mudança para melhor.
    Vá por mim: deixe de fumar. Vai ver que vale a pena.

  8. Olá!
    Parei há 72h. Tenho 30 anos.

    Não estou a tomar qualquer medicamento e tenho meio maço de tabaco, desplicentemente, bem à mostra na prateleira da estante do escritório.

    No domingo passei uns bons 40m a olhar para ele. Resisti.
    Agora penso que está a ser mais fácil do que pensava… por quanto tempo? Será que é desta? Já não é a terceira tentativa…

    Acho que é desta. Ao contrário das vezes anteriores, não foi uma decisão, mas uma atitude competamente espontânea: não marquei uma data emblemática, não falei nisso a ninguém, não fumei mais…

    Os efeitos são fantásticos, mesmo os de curto prazo. Sinto o sangue a efervescer, vontade de comer, vontade de correr…

    Boa sorte para vós, e para mim.

  9. Fumei durante 34 anos.
    Após várias tentativas de pouca duração, falhadas, para deixar o maldito vício aqui estou de novo, sem fumar, há oito meses e uma semana.
    Uma recaída é sempre possível mas será muito difícil voltar ao tabaco.
    Deixar o tabaco é uma decisão difícil mas, após a tomada de decisão, o proceso de desabituação não é nada de especial, com um pouco de força de vontade aguenta-se perfeitamente. Claro que a privação da nicotina causa algum desconforto mas, o prazer, a satisfação pessoal e o aumento da auto-estima derivados do facto de estar a conseguir viver sem essa dependência é incomparavelmente maior que esse desconforto.
    A vida, a todos os níveis, é imensamente melhor sem tabaco e tenho pena que os fumadores, como aconteceu comigo, só possam constatar essa ENORME diferença quando deixarem de o ser.
    Um abraço com votos de felicidades para todos, para os fumadores, os ex-fumadores e os candidatos a ex-fumadores.

  10. Estou no 23º dias com champix e SEM FUMAR.
    Porém estou a ficar com alergia, tipo urticária.
    Falei com a minha médica que me aconselhou a reduzir a dose para o,5 de manhã e o,5 á noite, de champix. Agradeço algum comentário que me possa ajudar.

  11. Eu estou a tomar o Champix precisamente desde o dia 29 de Outubro. Até agora o único sintoma que tive foram umas poucas insónias na primeira semana. Não me lembro de fumar, o que é óptimo. Não me está a custar nada.

  12. Hoje é o meu 6º dia com Champix. É a primeira vez que tento deixar de fumar. Bom….até agora o maldito do remédio, não me tirou vontade de nada. Reduzi de 30 cigarros por dia para 10 e já acho isso fenomenal. Mas….tem sido a muito custo. estou sempre a dizer para mim mesma, já não fumas, já não fumas, mas quando fumo os meus parcos cigarros!!!!!!!!!!!!ai……..parece que o dia renasce. Eu quero deixar de fumar, mesmo, mas….tenho um longo sofrimento pela frente. Sei que entre o 8º e o 14º dia de tratamento, já não deverei estar a fumar……..a ver vamos, nem só dois?????????? ai. Dizem que ao fim de algum tempo dá nauseas? fixe, lol, pode ser k as nauseas acalmem. Passo o dia a chupar rebuçados e a pensar em cigarinhos.
    Vou dando notícias e ainda bem que vos encontrei. Acho que além dos acólicos anónimos devia haver os fumadores anónimos.
    Um abraço a todos

  13. Olá a todos. Tomo champix a 3 semanas e consegui parar de fumar de segunda a sexta. Mas o fim de semana me mata! Como passar o dia de sabado num churrasco, muita cerveja e sem cigarro. Ainda não consegui. Domingo jogo o maço q sobrou do fim de semana fora! E passo a semana inteira sem fumar…até chegar o sábado!
    Passei para condição de fumante de fim de semana, o q já é um avanço, mas não é o q eu quero.

  14. boas… vou no 22º dia a tomar Champix e no 11º dia sem fumar … Começei no meu 35º aniversario e até ver com a ajuda da droga e com força de vontade esta a resultar, apesar das dificuldades. 3 Meses é o tempo que aconselham a tomar a “droga”, mas não sei se aguento, os efeitos secundarios são muito desconfortaveis; A agonia, sensação de vomito que me provoca na hora a seguir á ingestão e nos dias de hoje, principalmente, a sensação de apatia e “neura” que me provoca esporidacamente. Bem, depois das noticias de ontem que o Champixa pode provocar tendências suicidas, vou pesquisar mais sobre o assunto.
    Com alguém atrás dizia: Não se morre da doença, morre-se da cura.
    1abraço e tudo de bom

  15. Olá,
    Eu estou no 11º dia sem fumar e tambem tomo champix (ainda não noto efeitos secundarios). Ajudando a LatinRose, não esperes que o champix f aça o teu trabalho (deixar de fumar). A decisão é tua e o medicamento não te vai rejeitar por completo o tabaco. Eu estive quase um mês a tomar e fumava sempre embora metade do que fumava. Para parar completamente tive que ter força de vontade. Luta que não custa, é mutio psicologico (automentalização).
    Boa sorte e força

  16. bem depois de 30 anos a fumar, tenho 47, dia 17 agostocomeçei a parar de fumar,recorri ao unico sistema k conheço os patches ,depois de mês e meio, com os mais fortes, fui praia, e aí desencadiou reacção alérgica.foi aí que tomei conheçimento do CHAMPIX,pelo médico familia. vou na 10 semana. tomo icomp de 1 mg ás 9 manhã todos os dias.claro k tem efeitos secundários como tudo. nunca imaginei a minha vida sem o cigarro, agora só lamento os 5 kg que ganhei desde agosto,mas ginástica, dieta, vou lá. e digo a toda a gente .:QUE BOM O LETREIRO, AVISO, ”PROIBIDO FUMAR”, não me incomodar,não me dizer nada.um bom natal a todos e um optimo 2008, sem fumo.

  17. Também estou há 4 meses sem fumar e AGORA está a custar-me mais do que nunca. Todos os dias tento arranjar desculpas para fumar um cigarro, mas tenho resistido. Que ando deprimida…ando. Triste e um pouco agressiva…também. Bem, acho melhor ir ler o artigo da infarmed que falava dos efeitos do Champix.
    Se calhar o champix não resulta com viciadas há 30 anos e a fumar mais de um maço por dia.

  18. Estou no 5º dia de tratamento com Champix. Continuo a fumar apesar de ja não me apetecer tanto como antes e ter reduzido naturalmente. Efeitos secundários, só os enjoos e alguma dor de cabeça. Marquei deixar de fumar dia 26 (a seguir ao Natal) estou apreensiva… será que vou conseguir?

  19. Desculpe Artur, se não estiver a escrever no local certo. Sobre os últimos testemunhos, julgo que urge afirmar que a manobra da Infarmed, é falsa. Tudo isto gira em torno do capital. O certo, é que as estatísticas já se referem ao Champix, como o campeão de vendas e sucesso na cessação de fumar. Vou no 18º dia com Champix e tenho fumado 1 cigarro por dia, porque ainda não dei duas palmadas em mim mesma. Eu………..uma fumadora compulsiva, que nada fazia sem um cigarrito, é um verdadeiro Troféu. Efeitos secundários? Até ando a estranhar, é que não sinto nenhuns. Claro que me farto de comer, mas não é por causa do remédio, antes por causa da necessidade de estar sempre a mastigar. A partir de Janeiro tenho de fazer um regime rígido, para não comer em excesso. Um conselho. Levem para o trabalho, ou para onde quer que vão, cenoura partida aos palitos, para irem roendo, se preciso o dia todo. Passem tb o dia a beber chá morno, faz perder a fome e o vício de mastigar. Sinto-me super melhor, sofria de dores de cabeça, acabaram. Substituiu o elevador do trabalho pelas escadas e faço 3 vezes ao dia, subida e descida de 8 andares, sem ficar de língua de fora. Vou regressar ao ginásio e no Verão voltar a pegar na prancha. Sem fumo, vou à lua.
    Grande 2008 a todos. Parabéns ao criador do Blogue e obrigada a todos que com os seus testemunhos se amparam e dão força uns aos outros.

  20. Caro amigo, amanhã, dia 31, fumarei o último cigarro. Vou tomar ainda não sei o quê que o meu farmacêutico me vai dar. Não sei ainda se é Champix ou não.
    Sou professora e a nossa sala de fumo já estará encerrada quando regressarmos no 2º período. Como educadora, não me parece aconselhável ir até ao passeio da rua, num intervalo, matar o vício. Daí que decidi: é agora!
    Estou feliz! Ano novo, vida nova!
    Parabéns e um abraço.

  21. É dificil. Super dificil. Devo estar no 30º dia com champix. É verdade que me tem ajudado e muito. Ao 10º dia disse que parava totalmente mas não consegui. estive ainda uma semana a fumar um a dois cigarros. Depois decidi : este cigarro que fumo agora é so por parvoice mesmo. E Parei. Mas…… é tão diicil. Ando super triste. parece que perdi o meu fiel amigo. Por um lado sinto uma grande admiração por mim propria…. por ter conseguido. Por outro lado tenho imenso medo… até quando???

  22. Quando comecei o tratamento de Champix de 1mg não aguentei os efeitos secundarios e desisti. Tomei só metade da 1ª caixa. Mas nunca mais fumei. Desde o dia 25 de Dezembro que luto titanicamente com esta vontade de fumar (pq ja n tenho a ajuda do medicamento) e tenho heroicamente vencido! Mas… ando triste, infeliz, miserável. Estou com uma depressão enorme e amanhã vou ter que ir ao médico. Esta depressão nem me deixa ver os beneficios de não fumar ha 11 dias. O Champix resulta mesmo, mas tem é muitos efeitos secundarios. Se melhorassem a fórmula e reduzissem os efeitos secundarios, seria um verdadeiro milagre!

  23. Olá

    Tenho 44 anos e começei a fumar com 11…O unico cigarro que me dá prazer é de manha em jejum, porque sinto a droga a subir pelas veias acima e até tremo de prazer…A nminha adicção psicológica é brutal.
    Resolvi dar uma volta na minha vida e decidi deixar de fumar. Estou na 1ª semana de Champix, e de facto, sinto menios vontade de fumar, mas há um “diabinho” que me diz para fumar embora sem mta vontade e umm anjino que me dizara nao fumar pq nao tenho vontade naquele momento…Infelizmente, o diabinho la vai ganhando mas estou a fumar menos, agora só fumo 1 maço por dia. Nao sinto efeitos secundários mas já tenho alguns sintomas de privaçao de nicotina como desconcentraçao e tonturas. Hoje é 5ª feira e 4ª que vem é o 14º dia e é nesse dia q deixo de fumar, mas estou ATERRORIZADA, pq não sei como vou mudar 1 habito de 33 anos seguidos…
    Se alguém já passou por esta minha experiencia, pode-me ajudar e dizer-me o q irei sentir nos primeiros dias sem fumar??

    Obrigadão

    Helena

  24. Eu sou asmático, fumo desde os 16 (tenho 24) e estou à 4 dias sem fumar. Para muitos, que fumam à bem mais tempo que eu pode parecer que a minha tarefa é mais fácil, mas uma coisa é certa…está a ser bem dificil, ainda por cima sem tomar nada que compense.

  25. Não fumo dese o dia 26 de Dezembro de 2007.
    Ainda é dificil, mas suportavel. Não aguentei os efeitos secundarios do Champix mas recomendo-o vivamente, retira mesmo a vontade de fumar.

  26. Olá, faz hoje 3 meses que parei de fumar. Neste período fumei 2 cigarros que me fizeram sentir mal física e emocionalmente. Mas posso dizer que é uma batalha diária. Gostava de nunca mais me lembrar deles. Não tomei nada. Li o livro do Allen Carr, que recomendo a todos que estejam em dificuldades. A 1ª semana foi a pior. Devo todos os dias fazer a relação dos benefícios que tenho sentido para dar continuidade à batalha.
    Sorte e força a todos.

  27. Olá!… Hoje é o meu 7º dia a tomar Champix, desde o 1º dia q fico c enjôo terrivel após tomar o comprimido mas passa. Reduzi para cerca de 50% do q fumava mas por mera estupidez, ñ me apetece fumar, fumo simplesmente porque ñ destrui o diabinho mecânico. Em Setembro de 2007 deixei de fumar após ter lido o livro do Allen Car (fantástico), na altura doeu nos 1ºs dias devido ao hábito e tal como referiu a Helena FS o meu grande prazer era e continua a ser 1ºcigarro de manhã em jejum, mas ultrapassei a questão do hábito…Em Dezembro cometi o erro de fumar 1 cigarro (embora tivesse presente na mente q ñ podia acender aquele cigarro)e voltei a fumar mas em dobro até ouvir falar de Champix, trabalho num Centro de Saúde e falei c uma das médicas… Resultado, diminuí até ao 7º dia, estipulei o 11º p deixar de fumar mas fico agora inquieta c a conversa dos efeitos secundários…Alguém me pode esclarecer? Obrigada e gostei mto do Blog!!!

  28. Neste moemento: 9 meses e meio sem fumar. Medo dos efeitos secundários do Chmapix? Então e não tem medo do risco de cancro com o tabaco? Os efeitos secundários são pequenos e passageiros e, se houver vontade, basta tomar o Champix um mês.

  29. tenho 37 anos dei AVC a 3 meses atraz e DEUS mim deu outra chance não tive sequelas estou trabalhando normalmente e tudo isto por causa do maldito cigarro nunca mais quero pegar em um cigarro em minha vida.Se eu soubesse que era tão facil deixar de fumar já teria parado a muito tempo a vontade de fumar sempre da mas acaba rapido e só esquecer.E quem falar quenão vaiparar porque tem umparente um conhecido que não fumava e deu AVC tambem. Esta pessoa nãosabe o que esta falando quando voce ve a morte de frente voce repensa a vida Então ajude a DEUS a ajudar voce

  30. Fumador durante 17 anos, iniciei o meu processo de desintoxicação com o Champix no ultimo 5 de Agosto. Consegui deixar de fumar dentro dos 14 dias, correu tudo bem no 1º mês. Posterior a essa data os efeitos secundários do Champix eram: vómitos, mau estar, e flatulência. Deixei de tomar o Champix passado 1 mês e meio. Ai veio o pior, a fase da ansiedade, depressão, parece que estou/ando perdido na vida…não sei o que fazer, só com calmantes estou a conseguir passar estas fases…alguem passou por isto? qual foi o remédio/caminho??

    Cristina, o que escreves-te a:
    “Cristina Says: March 16th, 2008 at 10:46 am”, o que fizes-te quando não conseguis-te suportar os efeitos secundários??

    Já não penso em fumar, aliás quase que me vejo como não fumador uma vida inteira, mas os efeitos secundários estão a dar cabo de mim…….

    Já alguem esteve/passou nesta situação???

  31. Boa Tarde a todos…
    bom fumo a 14 anos….e sempre fumei muitooo
    aquele cigarrinho logo ao acordar então era o melhor…..mas já estava me fazendo muito mal….começei o tratamento com champix..dia 13/03/2009
    fui diminuindo dia após dia…no dia 27/03/2009 dei alguns tragos e não coloquei mais cigarro em minha boca….a vontade de fumar ainda tenho…e aqueles malditos habitos de estar sempre com o cigarrinho no meio dos dedos tbm….mas estou resistindo..e posso falar que hj tbm sinto mal estar e enjoos por causa do champix…mas nada que não possa ser suportado…a força de vontade de para de fumar tem que ser maior ..pq se não a gente acaba inventando desculpas para dar apenas um traguinho…e ai já viu né!!!!
    vamos nos esforçar…gente…e parar com esse vicio que está matando e traendo doenças a nossa populaçào…
    boa sorte a todos e força.

  32. Fumo à 20 anos e recentemente foi-me diagnosticada uma osteoporose… por isso vou ter mesmo de deixar de fumar… o minha médica receitou-me o Champix e o Nicotinell (adesivos)… é normal se fazer “misturas” de medicamentos?… é que só tenho lido casos em que é usado apenas um fármaco…

  33. Cumprimentos a todos

    a minha experi~encia tabágica é muito grande, 33 anos com tabaco, normalmente mais que 2 maços diários. a entrada em vigor da nova legislação ajudou-me a reduzir para 16 cigarros, e já vai para 4 meses que não fumo rigorosamente nada. Não foi à primeira tentativa, reconheco que todos os dias penso em cirragos (por vezes sonho), mas sinto-me muito melhor. Acho que vai valer a pena o esforço. Tenho imensos amigos que deixaram definitivamente há anos e rejuvenesceram.
    Abraço a todos, e coragem

    1. boa tarde eu tb já fiz 3 tentativas e falhei todas aguento uma semana n mais e fumo dois maços há 3o anos ajude-me pf a dizer o k hei-de fazer ao fim de uma semana sem tabaco obrig.

  34. Tenho 54 anos fumava desde os 15
    Estava pelos 3 maços diarios comecei com champix e não fumo faz hoje 25 dias.
    Não noto qualquer efeito secundario ate esta data continuo a beber umas cervejas com os meus amigos e enquanto eles fumam eu vou rindo. A força de vontade e elemento fundamental nesta batalha.
    Voltarei a dar noticias.
    Um abraço a todos

  35. Medicamentos para quê? Tenho 21 anos. Comecei a fumar aos 10!.
    Fumava em media 15 cigarros por dia. Aos 19 deixei de fumar. Deixei 1 ano. Voltei a fumar por brincadeira e agora fumo quase o dobro!. Hoje 22 de Maio faço 21.

    Ontem dia 21 de maio as 23:00 deicidi por o vicio de vez fora da minha vida. E consigo. A primeira vez que deixei de fumar foi complicada. Os primeiros 3 dias parecia um toxicodependente. Mas deixei de um dia para o outro. Não precisei de comprimidos nem autocolantes nem nada.

    Mas é engraçado que ate sonhava com cigarros durante a noite. veijam la. Agora estou a escrever este post e tou a 13 horas sem fumar. e sabem que mais? não fumo mais. Ontem deitei o tabaco ao lixo.

  36. Para todos aqueles que querem deixar de fumar tabaco e não conseguem com o referido medicamento por qualquer razão, posso aconselhar o cigarro electrónico.

    Eu fumava há 13 anos e agora não fumo há mais de um mês. Foi de um dia para o outro e sem dificuldade absolutamente nenhuma, mesmo mantendo a vida social com todos os meus amigos fumadores.

    É verdade que continuo dependente da nicotina, mas… do mesmo modo que as pessoas que usam pensos ou pastilhas… Não é a solução perfeita, mas é a melhor maneira de ser saudável e feliz ao mesmo tempo, pelo menos para mim. Se quiserem conhecer um pouco da minha experiência neste sentido, podem ir ao meu blog.

    Boa sorte a todos, saúde e felicidades!

    1. Ana, pode por favor falar-me mais do tal cigarro electrónico e que eu fumo a 26 anos, e parei de fumar a uma semana mais não estou aguentando a ansiedade e a tristeza e ao mesmo tempo sinto-me fraca por não me sentir capaz de atingir minha meta, eu não estou tomando nada para aliviar esta agonia. agradeço que me ajude.

  37. Em primeiro lugar, os parabéns a quem já conseguiu deixar de fumar nem que seja por uns dias.
    Força para continuar no bom caminho.

    Eu, estou sem fumar já há 1 ano completo! Aparentemente não sinto qualquer necessidade nem me lembro dos cigarros. Larguei sem qualquer ajuda a não ser a lei da proibição de fumar em espaços públicos. Fumei 32 anos.
    Gostava que houvesse por aqui amigos que , recebendo o meu encorajamento no abandono deste malefício terrível para a saúde e carteira, me esclarecessem sobre os efeitos secundários que se podem, ou não, sentir após um ano de abstinência. Se existem, como dizem, eu ainda não os identifiquei e por isso necessito de alguma ajuda. Ficaria muito agradecido. Podem utilizar o E-mail carlos-novais@sapo.pt
    Se alguém quiser trocar ideias , estou ao dispor.
    Obrigado!

  38. Olá! Tenho 33 anos e fumo desde 13/14 anos ou seja á 20 anos, foi assustdor perceber que mais de metade da minha vida foi acompanhada pelos cigarros. Deixei de fumar durante as duas vezes que estive grávida mas voltei novamente. Estou á 7 dias sem fumar o que é optimo não consegui estar tanto tempo (excepto durante a gravidez).
    sinto-me bem mas com ajuda dos pensos é duro quando me lembro dos cigarros mas vou conseguir, os meus filhos precisam de mim e eu deles

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.