Um kick no Flores

Senhores, estou farto!

Levar 5-1 do Olimpyakos doeu, mas os gregos vivem lá longe.

Agora, perder 2-0 com o Trofense?!

Será que o Flores não via que o Bynia estava ali, estava a ser expulso?

Será que não viu que o Carlos Martins estava vesgo?

Será que não percebeu que o Jorge Ribeiro estava bem era no Boavista?

Trocar o Di Maria pelo Cardozo?!

Insistir no Ruben Amorim pela direita?

Sou só eu é que vejo estas coisas?

Então e tu, ó castelhano de má pinta? Onde tiraste o curso de treinador? Saiu-te em alguma embalagem de bolachas Cuétara?

Que tipo de palestra proferiste, durante o intervalo, que os gajos ainda jogaram pior na segunda parte?

Quatro remates à baliza em todo o jogo?

Ó Flores, do que tu precisas mesmo é de um kick num sítio que eu cá sei.

Para a próxima, peço o despedimento com justa causa para esse espanholito de patilhas grandes que, depois de ser afastado da Uefa, da Taça de Portugal e do primeiro lugar da Liga, ainda só tem uma coisa a seu favor: os 6-0 ao Marítimo.

É pouco…

Ai Flores, Flores, que ainda levas com o regador!…

3 thoughts on “Um kick no Flores

  1. Sem comentários! Somente uma coisa a favor?! Não me diga que também faz parte daquela classe selecta de portugueses treinadores de bancada que acham que sabem mais do que aqueles que todos os dias têm que treinar uma equipa?
    Já chega deste tipo de comentários. A sério…satura e o povo não gosta.

  2. Meu amigo: o futebol é assim mesmo, para ser partilhado e discutido e comentado, amado e odiado por todos – não é uma coisa de especialistas. á por sermos todos treinadores e jogadores que o futebol é o desporto do povo, homem! Você está a colocar o futebol ao nível da Cardiologia!
    Veja lá se comentários como o meu naõ despertaram a equipa e a obrigaram a jogar um pouco melhor, em Guimarães!

  3. Sem comentários… excepto o comentário que se segue.

    Consistência acima de tudo, se escreve “sem comentários”, caro Gu, então… abstenha-se de comentar. É só um conselho. Mas isto sou eu…

Leave a Reply to Artur Cancel reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.