Os fanicos de Cavaco

O Cavaco está como as exportações: a cair!

Ao discursar nas comemorações do 10 de Junho, na Guarda, Cavaco não aguardou pelo fim do discurso e teve um fanico mesmo a meio.

Aparentemente, Cavaco estava irritado com um grupo de manifestantes que, lá mais ao fundo, pedia a demissão do governo.

Que coisa mais disparatada de se pedir!

Um governo tão bom, que tem feito tantas coisas boas, ia agora demitir-se!

E Cavaco, irritado, tentou elevar a voz, para se sobrepor aos gritos da populaça.

Lixou-se…

Deve-lhe ter descido a tensão, coitadito e começou a balbuciar coisas inteligíveis sobre a 2ª Guerra Mundial.

Logo o Chefe das tropas terrestres e outro senhor vestido de branco, acorreram em seu socorro, mas Cavaco, baralhado, pensou que lhe estavam a querer palmar a carteira…

cavaco agarrado

 

A sensação de estar a ser roubado fez com Cavaco se sentisse, finalmente, como todos nós nos estamos a sentir: roubados pela troika e pelo governo.

E foi então que o Presidente caiu em si e não caiu mesmo no chão da Guarda porque as Forças Armadas o ampararam.

Só que Cavaco, ainda confuso, pensou que estava a ser raptado e pediu ajuda à esposa.

cavaco desmaia

Depois de um copito de água com açúcar e 10 gotas de Sympathol, Cavaco voltou ao palanque e conseguiu completar o discurso.

Mas fica a dúvida tenebrosa: é que se Cavaco estiver doente, será substituído no cargo por Assunção Esteves!

Será um inconseguimento nacional!

Tags: , , ,

One Response to “Os fanicos de Cavaco”

  1. António Pires says:

    São estas as opções? Um zombie ou uma extra-terrestre? ‘tamos feitos!

Leave a Reply for António Pires