Temos que desvalorizar o Moedas!

O FMI encomendou um relatório a Carlos Moedas, adjunto de Passos Coelho.

moedasO objectivo era arranjar maneira de cortar 4 mil milhões de euros na Saúde, na Educação e na Segurança Social.

Moedas fez um trabalho perfeito.

Claro que se enganou aqui e ali, mas tudo coisas sem importância.

Por exemplo: o relatório diz que os gastos do Serviço Nacional de Saúde são 7% do PIB – o que, embora seja abaixo da média dos países desenvolvidos, é excessivo e insustentável, propondo que desça para 5%. Acontece que a despesa do SNS está nos 5,2% do PIB.

O relatório Moedas também diz que é preciso cortar nas reformas para estimular o envelhecimento activo. No entanto, um relatório da UE de 2012 diz que os portugueses são dos que mais continuam a trabalhar depois da reforma (21,9% dos idosos entre os 65 e os 69 anos ainda trabalhavam).

Finalmente, o relatório diz que os médicos portugueses ganham mais que, por exemplo, os alemães. Ora, um médico português, em princípio de carreira, recebe 1390 euros, podendo atingir, no topo da carreira, os 5063; os alemães ganham entre 3700 e 7000 euros.

Ninharias.

Moedas disse que este era um relatório muito bem feito. Passos Coelho corroborou.

Podem limpar o rabo com ele.

Tags: , , ,

Leave a Reply