Quecas abençoadas (1)

“Heterossexual, espanhol, ao serviço da tua felicidade. Para mulheres ou casais, bem dotado (15 cm), sou aberto a tudo menos ao sadomasoquismo, não lamentarão, dar-vos-ei prazer como nunca.”(2)

Era este o texto do anúncio que Samuel Martin, padre de duas paróquias de Toledo, fez publicar em sites da especialidade.

Preçário: 50 euros por 15 minutos; 120 por uma hora.

Consta que, antes de se deitar com os clientes e iniciar a chafurdice, o padre aspergia-os com água benta.

No final, todos rezavam, ajoelhados.

Preçário: sexo oral – um padre nosso; sexo clássico – um padre nosso e uma avé maria; sexo anal – três padres nossos e uma salvé raínha; sexo anal, oral, vaginal e tudo o que te vier à cabeça – missa completa.

Boa Samuel! Deste a volta aos gajos do Vaticano!

É pecado sexo sem ser para procriar? Fornicas com o padre e o acto fica abençoado!

(1) Quecas abençoadas é muito diferente de abençoadas quecas! É como a diferença entre corpo consular e consolar o corpo…

(2) “Bem dotado” com 15 cm?! Ai Samuel, Samuel, não passas de um lingrinhas!…

Tags: , ,

One Response to “Quecas abençoadas (1)”

  1. pitroile says:

    A instituição “igreja catolica”, e retrogada, obsoleta, opressora, e manipuladora. Todos os cristãos deviam deixar de ser catolicos. As pessoas precisam e de acreditar em si mesmas, e não num proclamado Cristo que so serve o interesse de alguns oportunistas. o Sr. “quinze centimetros”, e so a demonstraçao desse oportunismo.
    (recomendo ouvir, “Que Deus”, de Boss AC

Leave a Reply