Cavaquistão

Quando Cavaco foi eleito Presidente, o meu neto ainda nem sequer existia. Quando Cavaco terminar o seu segundo mandato, o meu neto estará perto de terminar o Ensino Básico.

Isto traumatiza qualquer pessoa!

Mas há mais…

Estávamos em 1985 e tínhamos um cocker, chamado Gin Tónico.

No terraço da nossa casa, bastava que apontássemos para o horizonte e gritássemos “Gin! Olha o Cavaco!” e logo o fiel Gin corria, que nem um desalmado, de um lado para o outro, ladrando furiosamente. Se o Cavaco ali se materializasse subitamente, seria estraçalhado pelas mandíbulas do cocker. Seguramente!

O pobre do Gin morreu em 2000 e o Cavaco continuou…

Foi em novembro de 1985 que Cavaco se tornou primeiro-ministro e, desde então, não mais deixou de nos azucrinar a cabeça.

E ainda o vamos aturar mais 5 anos!

Diz ele que não é político profissional…

Faria se fosse!

Tags: ,

2 Responses to “Cavaquistão”

  1. Cascão da Silva says:

    E não tem culpa de nada!!!!!

  2. Pisca says:

    O Sr.Silva, não é politico, o Sr.Silva não tem nem nunca teve nada a ver com a politica, para o Sr. Silva a politica dele é o trabalho, o Sr.Silva na A.Republica parecia aqueles contabilistas muitos maus, que fazendo o Modelo 22, perguntavam ao freguês, “quanto é que quer que isto dê”
    Perigoso é o Sr.Silva querer que o aceitemos como o Amanuense de Serviço que vai tomar conta de nós até ao fim do mundo, nada mais é preciso porque ele está lá (onde é que já tivemos isto ?)
    Porque o Sr.Silva é a figura da honestidade neste Pais
    como dizia uma querida amiga minha do teatro:

    – Pois, pois Óh Nesta idade , ou noutra qualquer

Leave a Reply