Posts Tagged ‘sócrates’

Sol encoberto

Saturday, March 26th, 2016

O Sol é um jornal de direita.

Isto já toda a gente sabe.

Mas é, sobretudo, um mau jornal.

No que respeita a Comunicação Social, é quase tão mau como o Observador.

E só não é tão mau como o Observador porque só sai aos sábados, enquanto que o Observador está sempre on line.

Como sou masoquista, continuo a receber as mensagens do Observador, que são apenas de dois tipos: desgraças e coisas contra o governo do Costa…

Durante muitos meses, o Sol foi o jornal pró-Passos Coelho e anti-Sócrates.

Depois de Passos conseguir ser primeiro-ministro, o semanário passou a ser só anti-Sócrates.

Semanas a fio a palavra Sócrates figurava sempre na primeira página do Sol.

solcratesDe tal modo, que sugeri que mudasse de nome.

De Sol para Solcrates.

Agora, o Sol vive momentos difíceis.

Passos ganhou as eleições mas perdeu o governo.

Os partidos de esquerda entenderam-se e, pela primeira vez desde 1974, aprovaram o mesmo Orçamento.

Para cúmulo, o Presidente Marcelo Rebelo de Sousa parece estar a entender-se com António Costa.

Esta semana, Passos Coelho criticou Costa por se meter com a Banca, mas Marcelo veio em defesa do primeiro-ministro e, como disse Pacheco Pereira, deu uma grande estalada no líder do PSD.

Esta situação mereceu a atenção do Sol, com título de primeira página, que rezava assim:

“Esquerda desconfia do apoio de Marcelo ao governo”!

Não escolheram: “Direita zangada com Marcelo por apoiar governo”.

Ou: “Marcelo traidor!”.

Ou: “Passos decide expulsar Marcelo do PSD devido ao seu apoio ao governo”.

Não.

O Sol virou o bico ao prego e atirou com o odioso para a esquerda.

Jornalismo de merda, é o que é…

Teste socrático

Wednesday, September 9th, 2015

Ora vamos lá a saber como vão os vosso conhecimentos sobre José Sócrates, baseados na leitura do Correio da Manha e outros.

Para isso, nada melhor que um teste de resposta múltipla, em que apenas uma das respostas está correcta.

1. Qual terá sido o grupo corruptor do ex-primeiro-ministro?

A – Grupo Lena
B – Grupo Xana
C – Grupo Tininha
D – O Sócrates não vai em grupos

2. Em que rua está situada a prisão domiciliária de Sócrates?

A – Rua Abafa a Maria
B – Rua Abade Faria
C – Rua O Frade Varia
D – Rua Coisa da Tia

3. Como se chama o juiz que interroga o Sócrates?

A – Alexandre Dumas
B – Alexandre Herculano
C – Carlos Alexandre
D – Alexandre o Grande

4. Qual é o apelido da ex-mulher do Sócrates?

A – Ervilha
B – Feijão
C – Fava
D – Grão de Bico

5. Quantos metros quadrados tem a casa-prisão do Sócrates?

A – 200
B – 325
C- Muitos
D – Todas as anteriores

6. Como é que o Sócrates vai votar?

A – A pé, escoltado por para-quedistas
B – De cadeira de rodas
C – Disfarçado de António Costa
D – De maca

7. Que tipo de luvas recebeu Sócrates pelo empreendimento Vale do Lobo?

A – De pelica
B – De boxe
C – De cirurgião
D – De lãzinha com um gatinho bordado nos punhos

Aos melhores classificados no teste será oferecido um fim de semana na casa-prisão de Sócrates, com direito a sandes de courato e mergulho na piscina aquecida.

Não matem o gajo da Telepizza!

Saturday, September 5th, 2015

Sócrates foi libertado ontem à noite e fica em prisão domiciliária, sem pulseira electrónica, na casa da ex-mulher.

Os jornalistas, profissão nobre e invejada, vão passar os dias e as noites naquela rua, à porta daquele nº33, para ver se alguém entra ou sai.

Hoje, nos telejornais, fiquei a saber coisas importantes para o processo do ex-primeiro-ministro de Portugal, pessoa que nos governou durante 6 anos.

Não, não foram revelações sobre o processo, provas de que o homem meteu ao bolso milhões, fazendo-se valer do cargo que ocupava – fiquei a saber que a ex-mulher vive num duplex, no nº 33 da Rua Abade Faria, no Bairro dos Actores, ao Areeiro, que a casa foi toda renovada por uma empresa do amigo do Sócrates, que também é arguido no processo, que a rua está em obras, que já deviam estar concluídas e que alguém do prédio pediu uma pizza.

telepizzaO filho da puta do Sócrates, cuja última refeição na prisão foi feijoada à transmontana, manda vir uma pizza na sua primeira noite em liberdade!

Falta de solidariedade nacional! Em vez de escolher um prato tipicamente português, o malandro pediu uma pizza! Vê-se mesmo que é culpado!

E depois, o tipo da Telepizza que ia entregar a pizza, nem sequer levava identificação. Está-se mesmo a ver que a pizza levava, como recheio, alguns milhões de euros – mais uma maneira subreptícia do amigo Santos Silva passar dinheiro para o Sócrates.

Se o Carlos Alexandre investigar como deve ser, descobrirá que a Telepizza é detida por uma empresa que está ligada ao Grupo Lena!

Agora, por favor, deixem o gajo da Telepizza em paz!

Quantos aos jornalistas, podem disparar à vontade!…

Não os prendam todos, por favor!

Sunday, July 19th, 2015

Ora bem, o Sócrates já lá está há uns meses e o Vara foi agora, embora com pulseira.

Mas, cada pedra que se levanta, parece ter um lacrau lá por baixo.

Em Portugal e no Brasil.

Por cá é a Operação Marquês, lá é o Lava Jato.

E, ao lavar-se o jato, surge o nome de Lula da Silva.

Que veio a Portugal, ajudar a lançar o livro de Sócrates, a convite da construtora Odebrecht.

Esta construtora está em Portugal há mais de 20 anos e participou em inúmeras grandes obras, como a barragem do Alqueva, a Gare do Oriente ou a Ponte Vasco da Gama, atravessando os governos de Cavaco Silva, Guterres, Durão Barroso…

Diz o DN que a Odebrecht também trocou telegramas com Passos Coelho (http://www.dn.pt/politica/interior.aspx?content_id=4688510).

Por favor, não os prendam todos, que eu não estou disponível para governar esta merda!

cavaco lula

De Tsipras a Vara, passando por Casillas

Sunday, July 12th, 2015

Alguém já se lembra do Varoufakis?

E do Vítor Gaspar?

Neste mundo da alta finança, os ministros das Finanças sobem alto mas caem depressa.

A careca, a mota, a mochila e a pretensa insolência de Varoufakis depressa foram esquecidas e Tsakalotos ocupou o seu lugar; embora sem gravata, sempre é considerado mais convencional pelo ministro das Finanças portador de deficiência, Schauble.

Será suficiente para manter a Grécia no euro?

Pelos vistos, quer a Alemanha, quer a Finlândia, estão desejosas de desagregar a Grécia.

Gregos desagregados.

Chamam-lhe “Grexit”, por que carga de água?

“Exit” é saída, em inglês, mas a Inglaterra nem sequer está no euro; ou será êxito?

A saída da Grécia será, afinal, um êxito?

Saltar para fora do euro, como?

À vara?

Saltar à Vara é um desporto socialista, que o diga o Armando.

Armando Vara ou armando barraca?

Armando é gerúndio – nunca fica resolvido.

Ele lá vai armando à sua volta uma teia que vai deitando outros abaixo, primeiro os Penedos, agora o Sócrates (a Grécia, sempre a Grécia…)

Claro que vara também é um conjunto de porcos, mas não é caso.

O caso é que tudo isto vai degradando o Costa, pior, muito pior do que o mar, que também vai lixando a Costa da Caparica.

O Costa, o António, bem vai dizendo que acredita na justiça, que não tenciona tornar a visitar Sócrates (o português, não o grego), que nem sabe bem quem é o Vara (e vai-se Armando em parvo…), mas o que é certo é que a erosão lá o vai atacando…

Mas há Costas mais fortes, como o Pinto, por exemplo.

Apesar dos anos, dos ventos e das marés, esse Costa, em vez de se erodir, parece querer erguer-se das cinzas.

Contratou agora o Casillas para guarda-redes e vai-lhe pagar mais de 200 mil euros por mês.

Limpos.

Limpos porque, nestas contratações, a sujidade não existe.

Branqueamento de capitais (transformar Dakar em Paris), é crime.

Próprio de outras modalidades desportivas.

Do salto à Vara, por exemplo?

Sócrates (o português) e Vara (o Armando), gritam: e nós é que estamos presos?!

E Tsipras (o grego) pergunta: esse Costa (o Pinto, não António, o erodido), não nos poderia emprestar algum dinheiro?

Afinal, Passos Coelho não é perfeito!

Thursday, March 5th, 2015

Foi um balde de água fria!

Afinal, o nosso primeiro-ministro não é perfeito!

Vive em Massamá, viaja em executiva, não favorece os amigos e não enriquece com a política, mas não é perfeito.

E porquê?

Porque não sabia que tinha que descontar para a Segurança Social e porque estacionou mal o carro algumas vezes.

Parece que também se esqueceu de qualquer coisa relacionada com o IRS, além de ter pedido exclusividade como deputado quando, afinal, trabalhava para a Tecnoforma.

Em resumo: o homem tem defeitos!

Mas como ele muito bem disse, não se aproveitou do cargo para favorecer amigalhaços, como fez o Outro.

Claro que o Outro esperneou e lá dos confins da terra da Florbela Espanca, enviou uma cartinha, onde diz que “o primeiro-ministro está próximo da miséria moral”.

Ó Sócrates, que falta de imaginação!

Então com os cortes, a crise, o défice e a dívida, querias que o Coelho tivesse uma moral rica?

Pois se o homem garantiu que não enriqueceu!

O cachecol de Sócrates

Saturday, January 17th, 2015

Num momento em que não sabemos muito bem o que fazer com esta história do radicalismo islâmico, os jornais deste fim de semana estão mais preocupados com… Sócrates!

Vejamos:

Sol: “Carlos Silva abriu fundo com casas de Sócrates”

Correio da Manhã: “Sócrates disposto a comprar JN e DN”

i: “Tudo o que sabemos sobre José Sócrates”

Jornal de Notícias: “Investigação a Sócrates centrada entre 2000 e 2005”

Mas o título socrático mais curioso é o do Expresso:

“Sócrates luta para ficar com botas e cachecol do Benfica”

A gente lê e imagina o ex-primeiro ministro à porrada com os guardas prisionais, de modo a poder ficar com as botas e com o cachecol do Benfas, e pensamos: será que Sócrates anda assim, lá pela cadeia de Évora?…

Só de botas e cachecol?

Sem mais nada?…

E vai assim para o duche?…

Será por isso que o sindicato dos guardas prisionais diz que ele é um preso privilegiado?

E por que raio o director da prisão não deixa o homem ficar com o cachecol do Benfica?

Será que tem medo que ele se enforque com o cachecol?

Sócrates nunca faria uma coisa dessas!

Dessem-lhe um cachecol do Sporting e isso sim – teríamos suicídio pela certa!…

Sentença, já!

Saturday, December 13th, 2014

Segundo escreve a incontornável Felícia Cabrita, na primeira página do jornal angolano Sol, “Polícia investiga vida faustosa” de Sócrates.

Abrimos o jornal na página 4 e ficamos a saber que Sócrates:

1. Paga, todos os meses, “60 mil euros das rendas da casa de Paris e de outras em Lisboa”;

2. “Em julho, passou férias em Formentera, uma paradisíaca ilha espanhola, onde alugou uma casa que custa 2.000 euros por dia” e ficou lá dez dias, (e podemos ver um foto muito tremida de um tipo que parece o Sócrates, em calções, e uma mulher, que a Cabrita diz ser a namorada, Fernanda Câncio).

Claro que estes dois simples factos seriam suficientes para prender qualquer gajo, uma vez que o Código Penal estabelece, claramente, que é crime pagar rendas de 60 mil euros e passar férias em Formentera com gajas que sejam jornalistas…

Mas Cabrita descobriu mais coisas.

Descobriu, por exemplo, que “sempre que Sócrates necessitava, Santos Silva levantava montantes que variavam entre quatro e 12 mil euros, ou emitia cheques que eram levantados pelo advogado Gonçalo Ferreira, sendo o dinheiro depois entregue pelo motorista João Perna».

E descobriu, também, que é Sócrates “quem suporta as prestações bancárias mensais do Monte das Margaridas, uma herdade com 12 hectares em Montemor-o-Novo, com moradia e piscina, ocupada por Sofia Fava e pelo actual companheiro”.

Depreendem-se grandes macacadas entre os três, ou os quatro, se a Fernanda também se quiser ajuntar!…

Além de tudo isto, “sempre que se desloca ao Rio de Janeiro, Sócrates instala-se no Copacabana Palace, onde a diária mínima é de 370 euros”.

Claro que tudo isto seria mais que suficiente para prender a criatura, mas há mais.

O Diário de Notícias de ontem, titula “Sócrates suspeito de ter entrado no negócio dos direitos televisivos do futebol”.

Pelos vistos, “a investigação do caso Operação Marquês suspeita que José Sócrates e Carlos Santos Silva financiaram, em 2011, a compra dos direitos televisivos da Liga espanhola feita por uma empresa de Rui Pedro Soares, ex-administrador da PT e actual presidente da SAD do Belenenses”.

Ainda vamos descobrir que é o engenheiro que paga o ordenado ao Ronaldo!

Por outro lado, o Expresso de hoje revela que “Sócrates passou a receber avença de Lalanda de Castro depois de este ter vendido equipamento a empresa de Santos Silva” e o DN afirma que “amigo de Sócrates confirma que lhe entregou dinheiro e pagou carro e motorista” e que “juiz disse que tanta generosidade sem contrapartida não encaixa”.

Ora bem, depois de tudo isto, pergunto eu:

Por que carga de água o juiz Carlos Alexandre teima em fazer os seus interrogatórios à porta fechada? Por que razão o homem não vende os direitos televisivos dos interrogatórios, por exemplo, à TVI?

E, já agora, para quê esperar meses para condenar o Sócrates?

Eu dava-lhe, no mínimo, 10 anos de cadeia, quanto mais não seja por ser tão burro e deixar tantas pistas e ainda não se ter pisgado para um país bem longe desta choldra!

E dava dois anos à Fernanda, por cumplicidade e mais dois por não ter convencido o namorado a dar à sola.

Ao amigo e ao motorista de Sócrates, condecorava-os. Pela mesma razão que o velho Cavaco condecora tudo o que anda.

Quanto à Felícia Cabrita, já que escreveu a biografia de Passos Coelho, obrigava-a a escrever as memórias de Cavaco Silva, até à sua morte (dele ou dela, o que ocorresse primeiro…)

Teorias da transpiração

Saturday, December 6th, 2014

Primeira: está provado que a prisão de Sócrates foi planeada para ofuscar o escândalo dos vistos Gold.

Segundo Luís Lima, presidente da associação das mediadoras imobiliárias: «falou-se muito do caso (vistos Gold) a nível internacional e pensei que ia retrair o investimento, mas continuam a fazer-se negócios como antes. Penso que os acontecimentos que se seguiram, ou seja, a detenção de Sócrates e depois as buscas no Novo Banco, por causa do BES, atenuaram o impacto que se previa” (hoje, no Diário de Notícias).

Por outras palavras, Paulo Portas, temendo que o seu querido projecto dos vistos Gold fosse por água abaixo, autorizou a prisão de Sócrates, desviando, assim, as atenções para Évora.

Segunda: A ideia inicial do juiz Carlos Alexandre era determinar a prisão domiciliária de Sócrates. No entanto, as administrações dos vários jornais tinham acabado de investir uns milhares de euros em câmaras de filmar daquelas que os tipos do National Geographic usam, e que são activadas pelo movimento.

Portanto, o juiz pespegou com Sócrates no estabelecimento prisional de Évora, para que os órgãos de comunicação social pudessem testar as referidas câmaras. Como se tem visto, os jornalistas estão calmamente sentados no café em frente, a comer croissants e a beber minis e, sempre que um socialista se aproxima da prisão, as câmaras começam a filmar e os jornalistas correm para lá, de microfone em punho.

Terceira: O motorista de Sócrates é mudo.

Segundo o Expresso de hoje: «João Perna, o motorista de José Sócrates, nunca teve consciência de que andava a fazer entregas de dinheiro ao ex-primeiro ministro. Foi isso, pelo menos, que disse quando foi confrontado pelo procurador Rosário Teixeira e pelo juiz de instrução Carlos Alexandre.»

Por outro lado, segundo o Público, também de hoje: «O motorista de José Sócrates, um dos detidos da Operação Marquês, não prestou qualquer esclarecimento ao juiz do Tribunal Central de Instrução Criminal Carlos Alexandre sobre o seu alegado envolvimento no processo».

Ora, como ambos os jornais têm que falar verdade, uma vez que os órgãos de comunicação social nunca mentem, chegamos à conclusão que, mantendo-se em silêncio, João Perna  utilizou a linguagem gestual para explicar a Carlos Alexandre que não sabia que andava a transportar dinheiro para Sócrates.

Logo, Perna é mudo!

O Freud explica isso…

Tuesday, December 2nd, 2014

Uma leitura de alguns títulos do Diário de Notícias de hoje, permite concluir que Freud continua a fazer muita falta para explicar certas e determinadas coisas…

Vejamos…

Logo na primeira página encontramos estes títulos verdadeiramente freudianos:

“Duarte Lima é frio e «usou o filho», diz o tribunal que o condenou”

E ainda…

“Arábia Saudita: Rei escolhe filho de concubina como sucessor e provoca agitação”

Se lesse estes títulos, Freud diria que Édipo anda por aqui…

Mas há mais títulos que mereciam explicação freudiana:

“Português e ucraniana travam divórcio de 130 milhões”

“Namoro de Costa ao Livre abre a porta a arrufos”

“Bento não é o único no Banco de Portugal a estar fora com um pé dentro”

Mas o cúmulo freudiano é atingido com a notícia sobre a carta que Sócrates enviou à RTP.

Nessa carta, o ex-primeiro ministro desmente informações veiculadas pelos órgãos de comunicação, no que respeita aos 2014-12-02 20.34.54apartamentos onde viveu, em Paris.

Diz, também, que, ao contrário do que foi noticiado, a sua mãe vendeu dois apartamentos no Cacém por 100 mil euros, e não um por 175 mil euros.

E é aqui que entra Freud.

A notícia, como a foto documenta, diz:

“A minha mãe vendeu, na altura com a ajuda do meu irmão, dois apartamentos, e não um, por cem mil euros”, e adianta: “Não houve qualquer inflação de presos”.

Inflação de PRESOS?!

Ó Freud, isto é ou não um verdadeiro acto falhado?…