Posts Tagged ‘jornais’

Expressamente lixo

Sunday, November 12th, 2017

Entre 1974 e 1977 fui jornalista. Com carteira profissional. Trabalhei na redacção do Telejornal da RTP. Naqueles tempos conturbados do post-25 de Abril, fui sub-chefe de redacção, responsável pela última edição do Telejornal, que ia para o ar já depois da meia-noite.

A 28 de Outubro de 1977, já com o curso de Medicina terminado, deixei a profissão. Organizaram-me um jantar de despedida, no restaurante “O Jacinto“. Presentes cerca de 50 jornalistas da RTP (Hélder de Sousa, Cesário Borga, José Eduardo Moniz, Adriano Cerqueira, Mário Cardoso, Avelino Rodrigues, Nuno Vasco, Bessa Tavares, Pedro Luís de Castro, Sarsfield Cabral, Carlos Albuquerque e muitos outros.

Fiz um discurso, claro.

Do alto dos meus 24 aninhos, zurzi nos jornalistas, como correias de transmissão do Poder.

O discurso terminava com esta frase:

“Espero que um dia destes, os jornalistas constituam uma espécie em vias de extinção. Paulatinamente, serão substituídos pelos mensageiros da correspondência colectiva”.

De certo modo, estava a antecipar as redes sociais, e não podia adivinhar que elas poderiam ser tão más ou piores que os jornalistas…

Tudo isto vem a propósito do título de primeira página do Expresso de ontem.

Os tipos da página Os Truques da Imprensa Portuguesa têm desmontado, com eficácia, coisas semelhantes, mas elas não param!

Portanto, segundo o título do Expresso, António Costa deu 1200 milhões de euros ao PCP e ao Bloco de Esquerda!

Mas onde é que isto já chegou?!

Os partidos da chamada geringonça já negoceiam milhões entre eles?

Logo no subtítulo, ficamos a saber que desses 1200 milhões, metade vai para os pensionistas que, como toda a gente sabe, são todos do PC ou do Bloco…

Vejamos então o que diz a notícia, no interior do jornal:

“As cedências do Governo aos partidos de esquerda vão custar cerca de 1200 milhões entra 2016 e 2019. Este valor corresponde ao acréscimo de despesa (ou diminuição da receita) acumulado durante os quatro anos de legislatura perante o que estava originalmente previsto pelo PS. É um montante que corresponde a cerca de 0,5% do PIB mas que, na prática, acaba por não ter grande impacto orçamental já que está diluído por vários anos e, além disso, o crescimento económico tem batido as expectativas iniciais.”

Se um tipo ler só o título, fica indignado com o facto do Costa andar agora a dar milhões aos parceiros da geringonça e depois, afinal:

  1. O dinheiro é para os portugueses, independentemente de quem votam;
  2. Os 1200 milhões são distribuídos ao longo de quatro anos
  3. O impacto desse montante no PIB é desprezível

Sendo assim, qual é a grande manchete do Expresso de ontem?

Porra nenhuma!

Não comam amendoins servidos em taças nem enfiem telemóveis no cu!

Saturday, April 1st, 2017

A recente epidemia de hepatite A dá direito a grandes dislates.

Facto: a hepatite A transmite-se por via fecal-oral.

Quando comecei a trabalhar como médico, em 1978, ainda apareciam alguns casos raros, relacionados com os muitos bairros de barracas que existiam em Lisboa e arredores, a inexistência de esgotos, a pobreza extrema de um país a sair ainda de um atraso de décadas.

As condições sanitárias melhoraram progressivamente e os casos de hepatite A tornaram-se episódicos.

Voltaram agora, aparentemente relacionados com práticas sexuais que envolvem múltiplos contactos e pouca higiene.

Ora, se a transmissão do vírus se faz por via fecal-oral, o excelente jornal Sol, chega a esta conclusão:

Sim, de facto, se eu estiver infectado, for à casa de banho cagar, limpar o cu e, de seguida, sem lavar as  mãos, for comer amendoins servidos numa taça e se, depois, outra pessoa qualquer, comer amendoins dessa mesma taça, essa pessoa pode apanhar hepatite A.

Do mesmo modo, se eu estiver infectado com o vírus da hepatite A e tiver o péssimo hábito de enfiar o meu telemóvel no cu e, depois, o emprestar a outra pessoa, posso estar a transmitir-lhe o vírus.

Ora se fossem dar banho ao cão (com as mãos lavadas, claro)!

Um palerma que não gosta de mamas

Saturday, September 10th, 2016

A Câmara de Lisboa decidiu colocar cartazes a favor do aleitamento materno.

Como se vê na foto, o cartaz mostra um casal jovem e a mãe está a dar de mamar ao bebé.

O slogan é simples: “Dar de mamar – um presente para a vida!”

E acrescenta-se apenas: “Aleitamento materno – Presente: Saudável; Futuro: Sustentável”

Simples e eficaz.

Mas o Expresso não gostou.

Um palerma qualquer, autor da rubrica Gente, que nunca assina o que escreve, faz comentários alarves sobre o cartaz.

Diz, por exemplo, que o “slogan é bafiento”. Em que sentido, ó meu parvalhão. Dar de mamar é, ou não é, um presente para a vida, minha grande besta?

Depois, faz comentários sobre “as opções capilares do rapaz” e sobre “a classe com que a mãe dá de mamar com a perna traçada”.

Que raio é que este gajo tem contra o penteado do rapaz? Que importância é que tem o corte de cabelo do pai para a mensagem que se quer transmitir?

E quanto à perna traçada da rapariga? Será que a mãe deste energúmeno não cruzava a perna quando lhe dava de mamar? Será que ele nunca viu nenhuma mulher a dar de mamar? Será que ele próprio nunca mamou?

Claro que o idiota pretende, no fundo, atacar o actual Presidente da Câmara, Fernando Medina, dizendo que a Câmara “se mete onde não é chamada”.

Porquê?

A Câmara não pode colocar cartazes a favor de boas práticas, a favor do aleitamento materno, contra o tabagismo, incentivando a prática de exercício físico, por exemplo?

A cegueira ideológica desta malta é inenarrável e sua azia, intratável.

Ao autor anónimo deste texto lamentável, desejo que os seus filhos (ou netos), possam mamar nas tetas das suas mamãs, mesmo que os pais usem rastas.
2016-09-10-15-43-01

O incrível acontece!

Saturday, September 3rd, 2016

Respigado dos jornais de hoje:

* A PSP tem 14 sindicatos; os seus dirigentes e associados gastaram, este ano, 32 mil dias de dispensa para actividades sindicais.

Escandaloso. Como se consegue organizar a vida sindical com tão poucos dias de dispensa!

* “Líder da oposição grega aprende com Passos como governar com austeridade” (título do DN)

Kyriakos Mitsotakis: já foste!

* As grandes obras da segunda circular já não vão avançar.

Rui Vitória e Jorge Jesus terão que se contentar com o que têm…

* Há crise política no Gabão.

Não admira. Os dois oponentes chamam-se Ping e Bongo…

* Morreu o eterno presidente do Uzbequistão. Karimov tinha 77 anos e governava o país há 30 anos. Para o cargo, deveria ser nomeada a sua filha, Gulnara Karimova.

Deveria… só que o pai a mandou prender em 2014…

* “Bruno de Carvalho deu mais reforços a Jesus do que Vieira” (título do DN)

Bruno de Carvalho vai ser canonizado.

* “Polícias unem-se contra redes ilegais de apanhar ameijoas” (título do Público)

E quem se lixa é o mexilhão…

* No Porto, uma motorista da Uber foi atacada com fezes de animais. Ficou com o cabelo cheio de excrementos e o carro ficou todo cagado.

A polícia tomou conta da ocorrência… gostava de saber como é que a polícia soube que a merda era de animal…

 

Títulos

Saturday, February 27th, 2016

“PS divide-se até nas presidenciais americanos” – Sol

– Ora aqui está uma grande preocupação para António Costa: se os militantes do PS gostam mais de Clinton ou de Sanders! Este pasquim de direita é de ir às lágrimas!…

“Passos vai levar outro banho”, diz Jardim” – Público

– Quer dizer que Passos Coelho já tomou outro banho antes?

“Mais de 40% dos portugueses afirmam não saber nada sobre a hepatite C” – Público

– E sobre a psoríase, a colite ulcerosa, a tromboflebite ou a gravidez ectópica?

“É possível alimentar um recluso com 2,31 euros/dia?” – Público

– Até menos, se fizer greve de fome…

“Ministro promete demitir presidente do CCB na segunda” – Público

– Porquê esperar por segunda?

“Ministros, políticos e comunidade gay contra Bloco de Esquerda” – DN

– Catarina Martins, assim, vai para o inferno, coitada…

“Turismo de marijuana legal no Colorado está a acabar nas urgências” – DN

– É só rir!…

“O vírus zika esconde-se nos testículos, mas não é o único” – DN

– É dos tomates!…

Tudo é e não é, simultaneamente

Saturday, January 3rd, 2015

O poeta surrealista António Maria Lisboa, numa texto intitulado “Esta não é a minha letra”, concluía que “tudo é e não é, alternadamente”.

Estava enganado.

Vejamos.

Primeira página do Expresso de hoje:

“Guterres mantém Belém em aberto”

Primeira página do Público:

“Guterres pode ficar na ACNUR sem perder corrida a Belém”

Primeira página do i:

“Guterres não é candidato às presidenciais”

Portanto, tudo é e não é, simultaneamente…

Sentença, já!

Saturday, December 13th, 2014

Segundo escreve a incontornável Felícia Cabrita, na primeira página do jornal angolano Sol, “Polícia investiga vida faustosa” de Sócrates.

Abrimos o jornal na página 4 e ficamos a saber que Sócrates:

1. Paga, todos os meses, “60 mil euros das rendas da casa de Paris e de outras em Lisboa”;

2. “Em julho, passou férias em Formentera, uma paradisíaca ilha espanhola, onde alugou uma casa que custa 2.000 euros por dia” e ficou lá dez dias, (e podemos ver um foto muito tremida de um tipo que parece o Sócrates, em calções, e uma mulher, que a Cabrita diz ser a namorada, Fernanda Câncio).

Claro que estes dois simples factos seriam suficientes para prender qualquer gajo, uma vez que o Código Penal estabelece, claramente, que é crime pagar rendas de 60 mil euros e passar férias em Formentera com gajas que sejam jornalistas…

Mas Cabrita descobriu mais coisas.

Descobriu, por exemplo, que “sempre que Sócrates necessitava, Santos Silva levantava montantes que variavam entre quatro e 12 mil euros, ou emitia cheques que eram levantados pelo advogado Gonçalo Ferreira, sendo o dinheiro depois entregue pelo motorista João Perna».

E descobriu, também, que é Sócrates “quem suporta as prestações bancárias mensais do Monte das Margaridas, uma herdade com 12 hectares em Montemor-o-Novo, com moradia e piscina, ocupada por Sofia Fava e pelo actual companheiro”.

Depreendem-se grandes macacadas entre os três, ou os quatro, se a Fernanda também se quiser ajuntar!…

Além de tudo isto, “sempre que se desloca ao Rio de Janeiro, Sócrates instala-se no Copacabana Palace, onde a diária mínima é de 370 euros”.

Claro que tudo isto seria mais que suficiente para prender a criatura, mas há mais.

O Diário de Notícias de ontem, titula “Sócrates suspeito de ter entrado no negócio dos direitos televisivos do futebol”.

Pelos vistos, “a investigação do caso Operação Marquês suspeita que José Sócrates e Carlos Santos Silva financiaram, em 2011, a compra dos direitos televisivos da Liga espanhola feita por uma empresa de Rui Pedro Soares, ex-administrador da PT e actual presidente da SAD do Belenenses”.

Ainda vamos descobrir que é o engenheiro que paga o ordenado ao Ronaldo!

Por outro lado, o Expresso de hoje revela que “Sócrates passou a receber avença de Lalanda de Castro depois de este ter vendido equipamento a empresa de Santos Silva” e o DN afirma que “amigo de Sócrates confirma que lhe entregou dinheiro e pagou carro e motorista” e que “juiz disse que tanta generosidade sem contrapartida não encaixa”.

Ora bem, depois de tudo isto, pergunto eu:

Por que carga de água o juiz Carlos Alexandre teima em fazer os seus interrogatórios à porta fechada? Por que razão o homem não vende os direitos televisivos dos interrogatórios, por exemplo, à TVI?

E, já agora, para quê esperar meses para condenar o Sócrates?

Eu dava-lhe, no mínimo, 10 anos de cadeia, quanto mais não seja por ser tão burro e deixar tantas pistas e ainda não se ter pisgado para um país bem longe desta choldra!

E dava dois anos à Fernanda, por cumplicidade e mais dois por não ter convencido o namorado a dar à sola.

Ao amigo e ao motorista de Sócrates, condecorava-os. Pela mesma razão que o velho Cavaco condecora tudo o que anda.

Quanto à Felícia Cabrita, já que escreveu a biografia de Passos Coelho, obrigava-a a escrever as memórias de Cavaco Silva, até à sua morte (dele ou dela, o que ocorresse primeiro…)

Os portugueses só tomam banho com água engarrafada

Sunday, November 9th, 2014

Angela Merkel tem razão: temos licenciados a mais!

Somos um povo de aristocratas que só se satisfaz com um curso superior, uma auto-estrada, um carro alemão, uma vivenda no Algarve e um banho em água do Luso.

Um simples surto de legionella foi o suficiente para pôr a nu a nossa mania das grandezas.

O esforçado director-geral da Saúde, Francisco George, bem se esganiçou para afirmar que a bactéria apenas fazia mal se fosse inalada – a maltósia não vai na conversa, eu sei lá se o gajo não nos está a endrominar, com aquela barba mal semeada e aquele risco ao meio!

E a comunicação social, eco da ignorância nacional, dá uma ajuda.

Um artigo do Jornal de Notícias titula: “Há quem já só se lave com água engarrafada”!

Não temos dinheiro para os medicamentos, o IMI leva-nos a massa toda, passamos fome, cortam-nos os salários, estamos desempregados, sem subsídios, sem ajudas, mas tomamos banho em água engarrafada!

Pobres, sim, mas sujos, nunca! E com legionella, never!

E a notícia diz: “não obstante as declarações oficiais de que a ingestão de água da rede pública não afecta a saúde, a verdade é que a população continua a ter fortes reticências…«Já só me lavo com água engarrafada», disse ao JN Sheila Costa, em Vialonga, frente ao supermercado Lidl.”… E mais à frente: «eu não confio na água de rede, nem percebo o que dizem»…

Um fulana chamada Sheila, em frente a um supermercado Lidl é bem a imagem actual do nosso país!

E o jornalista também não esclarece a pobre da Sheila porque, em nenhuma parte da notícia, esclarece que a legionella não se transmite bebendo água, mas apenas inalando gotículas de vapor de água!

A Sheila estava acompanhada do seu amigo Vicente Rolim, “que tinha acabado de comprar 15 litros de água engarrafada”.

E lá foram todos contentes lavar-se com água engarrafada!

Como queremos nós sair da crise, se continuamos a viver acima das nossas possibilidades?

Tomar banho em água engarrafada é para os árabes ricos!

Os alemães, por exemplo, tomam banho só em dias festivos e nem sabem o que é um bidé!

A própria Merkel nunca se lava depois de ir à casa de banho, preferindo as toalhitas perfumadas.

Tens razão, Merkel: temos licenciados a mais…

A Sheila e o Vicente confirmam…

Poucas-vergonhas no Largo do Caldas

Wednesday, July 17th, 2013

Os três partidos do arco da velha, isto é, do arco do cego, aliás, do arco da governação, continuam a reunir-se, numa tentativa desesperada de encontrar a Salvação Nacional.

Que seja difícil, concordamos todos.

Que os membros dos partidos tenham que engolir sapos, já se sabia.

Agora, que seja necessário recorrer a poucas-vergonhas, é que não!

É que, segundo o Jornal de Notícias de hoje, a ministra Maria Luís até foi mostrar o buraco na reunião de ontem, que decorreu na sede do CDS, no Largo do Caldas!

Mostrar o buraco no Largo do Caldas, francamente!

Não exageremos nos sacríficios pela Salvação Nacional, caramba!

untitled 

Títulos

Friday, January 25th, 2013

Três títulos do Público de hoje:

– «O raio do protão é mais pequeno do que se pensava mas o enigma perdura»

O raio do protão? E o sacana do neutrão?

– «Não devemos excluir, de antemão, uma evolução dos tratados», disse o ministro alemão do Negócios Estrangeiros

Se não excluímos a evolução dos tratados, excluímos a dos doentes?

– «Contrato de venda da Ana será assinado no final da próxima semana»

Venda da Ana não será lenocínio?