O Álvaro e os feriados

O Álvaro vivia no Canadá, que é um daqueles países que não existe.

Por isso, para ele, coisas como a restauração da independência ou a implantação da República, não devem ter qualquer tipo de significado.

Aliás: devem ter o mesmo significado que a Ascenção da Nossa Senhora e o Corpo de Deus, que são os dois feriados de que a Igreja católica abdica.

Portanto, um Estado laico aceita negociar com uma determinada religião esta história dos feriados e essa facção religiosa tem o desplante de impor condições: só aceitamos que nos retirem dois feriados se vocês também tirarem dois feriados dos vossos.

Patético!

Vai daí, o Álvaro pensa: não podemos acabar com o 25 de Abril porque o Otelo era mesmo capaz de fazer outro, não podemos acabar com o 1 de Maio porque o Carvalho da Silva voltava a liderar a CGTP e nunca mais largava o osso, o 10 de Junho tem que ficar porque já foi da Raça, é do Camões, de Portugal e das Comunidades, e chateava muita gente se acabasse.

Logo, restavam esses dois feriados menores, em que se celebra, só, o facto de Portugal ser independente e o facto de vivermos numa República.

E, deixem-se de mariquices – estes dois pontos são os mais importantes da nossa identidade: sermos independentes e sermos republicanos.

Sendo assim, o Álvaro é um palerma!

A quem é que ele quer enganar?

Será que ele acredita que é com mais quatro dias de trabalho que a economia de Portugal vai disparar?

Ingénuo?

Não – populista.

Desprezível…

 

Tags: , , , ,

2 Responses to “O Álvaro e os feriados”

  1. Raul Calado says:

    Por acaso,e mais uma vez estou em desacordo.Sabendo-se que estes dois dias são a solução da divida,da crise etcetc(!?) parece-me que o ministro teve uma solução genial e de grande diplomacia.Acabar com o 5 de Outubro é satisfazer os monárquicos, que como se sabe são grande maioria em Portugal.E acabar com o 1 de Dezembro é um incomparável gesto de pacificação com a Espanha.Para quê todos os anos irritar nuestros hermanos com a celebração da nossa independencia?

Leave a Reply